terça-feira, agosto 31, 2010

PROIBIDO TOTALMENTE PROIBIDO


 Caríssimos amigos gostaria de deixar bem claroque apartir de hoje fica proibida a publicação de minha imagem em qualquer que seja o veículo de comunicação na NET sem a minha autorização, Obrigado e Hasta Luego!!!

segunda-feira, agosto 30, 2010

O Prefeito de Ceará-Mirim, Antônio Peixoto-PR, abre nesta quarta-feira 1º de setembro a programação alusiva a Semana da Pátria.


CEARÁ-MIRIM
Prefeito Antônio Peixoto abre programação da Semana da Pátria nesta quarta-feira 1º de setembro
O Prefeito de Ceará-Mirim, Antônio Peixoto-PR, abre oficialmente nesta quarta-feira 1º de setembro, em frente ao Palácio Antunes, sede da Prefeitura do Município, as comemorações alusivas à Semana da Pátria.
O momento cívico será prestigiado por autoridades, secretários e auxiliares do governo municipal, representantes de entidades, instituições, órgãos fundacionais, estudantes e a comunidade em geral.
A solenidade terá início a partir das 8h e contará também com apresentações de alunos das redes pública e privada de ensino, além da participação da Banda de música do município, Tenente Djalma Ribeiro.
“É com muito orgulho que comemoramos a independência da nossa Pátria. Apesar de conquistarmos a nossa independência, ainda fomos por muitos anos dependentes política e financeiramente de outros países. Mas hoje, apesar de ainda existir algumas dificuldades, podemos dizer que o nosso País está caminhando para um futuro melhor, na confiança e na esperança em dias melhores”, ressalta o prefeito Antônio Peixoto.
As homenagens à Semana da Pátria acontecem durante toda esta semana com programações internas nas escolas e instituições, além dos dois atos cívicos diários: às 8h, com o hasteamento dos pavilhões e, às 18h, com o ritual de arriamento.
Este ano, cada escola e instituição do município, estarão recebendo um disco CD com as gravações originais dos Hinos: Nacional, do Rio Grande do Norte e de Ceará-Mirim.
A novidade da Semana da Pátria 2010 em Ceará-Mirim fica por conta do sentimento de patriotismo da comunidade do Assentamento Espírito Santo, onde a escola da localidade e a própria comunidade estarão resgatando o tradicional desfile cívico “7 de Setembro”, que acontecerá nesta quinta-feira 02/09 com a participação da Banda de Música Tenente Djalma Ribeiro.
A semana cívica está sob a coordenação da Secretaria Municipal de Articulação Política e Institucional, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação e demais órgão do governo.
De acordo com o secretário de articulação política, Edmilson Rodrigues, o objetivo do evento é estimular crianças, adolescentes, jovens e os próprios adultos a vivenciar o civismo e o amor a Pátria, bem como, lembrar o marco histórico de aniversário dos 188 anos da Independência do Brasil.
-----
Atenciosamente,
Jorge Moreira

sábado, agosto 28, 2010

Projeto boca da noite em sua 10ª edição


Neste domingo 29 será realizado mais uma edição do projeto boca da noite com as seguintes atrações: Luluzinha conta conto, tribo de indio apache, shygeack voz e violão, capoeira Berimbau e Arte, Cleyton Souza voz e violão, poeta Tavares moda de viola, Mizael Neto e Gefri grupo cantare. O mesmo aconteçera as 18h00minhs na praça das Cinco Bocas, convide seus amigos e se faça presente.

Projeto Seis e Meia divulga programação dos próximos shows

O Projeto Seis e Meia do dia 07 de setembro terá a apresentação do Quarteto em Cy e, como atração local, o Projeto Trinca, no Teatro Alberto Maranhão, às 18:30.

Já no dia 14 de setembro é a vez das apresentações de Mielle e As Carolinas e o Coroné (a confirmar), mas desta vez o projeto vai ao Teatro de Cultura Popular Chico Daniel (TCP) em caráter extraordinário.

Os ingressos são vendidos ao preço de R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia entrada). Professores da rede municipal de ensino de Natal tem direito a meia entrada. Informações sobre ingressos no Teatro Alberto Maranhão 3222- 3669.

Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR

quarta-feira, agosto 25, 2010


FJA abre inscrições para Festival Agosto de Teatro que será realizado em outubro no RN


www.fja.rn.gov.br

segunda-feira, agosto 23, 2010

Inscrições para curso de cinema na UFRN se encerram na próxima sexta

O Departamento de Ciências Sociais irá oferecer o curso de extensão Cinema e Sociedade: comportamento social e globalização. Serão 16 aulas semanais, durante as quartas-feiras, com início no dia primeiro de setembro. Estão sendo oferecidas 30 vagas, das quais 14 são para a comunidade acadêmica e 16 para a comunidade em geral. As inscrições ocorrem de 19 a 27 de agosto, na Secretaria do Departamento de Ciências Sociais. Será emitido certificado para os participantes.

"O curso foca a participação de pessoas ligadas à área das humanidades, tanto alunos quanto professores e profissionais dessa área", disse Gilmar Santana, coordenador da atividade. Será feita uma seleção entre os interessados por meio de carta de interesse com histórico e expectativas sobre o curso que devem ser entregues na inscrição, além de um pequeno questionário desenvolvido pelo coordenador. O resultado sairá no dia 30 de agosto.

Com foco na vida moderna, os encontros serão divididos em quatro blocos, com temas sobre o desencanto, realidade,vida e morte, solidão e globalização. Haverá exibição de filmes, debates, leituras de textos, atividades individuais e em grupo e desenvolvimento de leitura crítica dos filmes. "Além da troca de informações, iremos trabalhar no desenvolvimento de críticas, pensando em uma futura publicação dos materiais que serão desenvolvidos", explicou o coordenador. Mais informações: 8717-1473 ou através do email gsfz@hotmail.com.

Da redação do DIARIODENATAL

Projeto obriga Correios a indenizar cliente em caso de atraso

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 7354/10, do deputado Julio Delgado (PSB-MG), que obriga a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) a ressarcir os clientes nos casos de desvio ou atraso na entrega de objeto postal.
Conforme a proposta, os Correios pagarão aos clientes de 20% a 80% da tarifa postal quando o valor do objeto não tiver sido declarado ou de 20% a 100% do valor do objeto quando este tiver sido declarado. O valor da indenização varia de acordo com o atraso ou o dano praticado.
O projeto altera a Lei 6.538/78, que disciplina o recebimento, o tratamento e a expedição de objetos pela ECT. O parlamentar argumenta que a norma é omissa em relação à indenização de clientes prejudicados.
Atraso
De acordo com a ECT, em 2008, 93,7% dos objetos foram entregues no prazo previsto, diante de uma meta de 97%. O autor explicou que, apesar de parecer pequeno, no total de 6 bilhões de objetos postados, 400 milhões de problemas são um número muito alto do ponto de vista do consumidor.
Ele disse ainda que a qualidade dos serviços vem caindo. Em 2004, o índice de pontualidade superou 95% para objetos postais simples e alcançou 99% para encomendas expressas e serviços agrupados, tais como os malotes.
Delgado citou pesquisa realizada em 2006 segundo a qual 54% dos usuários de serviços expressos consideram o cumprimento do prazo de entrega o principal atributo de qualidade. "Há, portanto, um distanciamento entre o que o usuário dos Correios espera e o que a empresa efetivamente oferece", disse.
Da Agência Câmara

Escola de Música da UFRN representa Estado no Mimo 2010

Orquestra Sinfônica da UFRN e Octeto de Violoncelos se apresentam ao público de Olinda.

Por Redação
Divulgação
A Escola de Música vai pela primeira vez representar o Rio Grande do Norte na Mostra Internacional de Música de Olinda (MIMO 2010), que será realizada entre os dias 1º e 7 de setembro, nas igrejas históricas de Olinda (PE). O festival é considerado um dos mais importantes eventos da música erudita no país e na América Latina.

A Orquestra Sinfônica da UFRN faz apresentação no sábado (4), às 16h30, na igreja da Sé. Já o Octeto de Violoncelos se apresenta ao público no domingo (5), às 16h30, na igreja da Misericórdia.

A Sinfônica leva para MIMO 2010 a “Suíte em Miniatura”, de Alceu Bocchino, e a “Sinfonia em Quatro Movimentos”, do compositor e professor da Escola de Música, Danilo Guanais, esta última composta em 2007 em homenagem aos 80 anos do escritor e dramaturgo pernambucano, Ariano Suassuna.

A sinfonia é baseada em textos do velho testamento bíblico e em poemas de Ariano, e carrega elementos e claras referências armoriais. A peça conta ainda com participação de 40 coralistas, convidados e quatro atores/narradores: Caio Padilha, Marco França, Orivaldo Júnior e Manu Azevedo.

A orquestra sinfônica da Escola de Música da UFRN é formada por alunos e professores do curso técnico e de licenciatura em música, somando mais de 60 instrumentistas.

O Octeto de Violoncelos tem como objetivo divulgar o instrumento, o repertório para a formação e as peças de compositores brasileiros contemporâneos. O grupo é formado por alunos dos cursos técnico, bacharelado e de extensão da EMUFRN. A direção artística é do também professor da Escola, Fábio Presgrave. Para a apresentação na MIMO, o conjunto terá como convidada a soprano Alzeny Nelo.

MIMO 2010
A Mostra Internacional de Música de Olinda é um dos maiores eventos musico-culturais do país. Promove, além de concertos e shows gratuitos, palestras, master classes e exibição de filmes, com entrada gratuita.

Dentro das atrações, podemos destacar o duo de Antonio Madureira e Sergio Ferraz, Egberto GismontiI e orquestra de sopro, Cristina Braga e Dado Villa-Lobos, Hugo Wolf Quartett (Áustria), além dos populares shows da Orquestra Contemporânea de Olinda e Tom Zé.
http://www.nominuto.com/vida/musica/escola-de-musica-da-ufrn-representa-estado-no-mimo-2010/59001/

Ministério da Cultura recebe inscrições para seleção de filmes de longa-metragem até dia 30

Ministério da Cultura recebe inscrições para seleção de filmes de longa-metragem até dia 30

O Ministério da Cultura, por meio da Secretaria do Audiovisual, recebe até o dia 30 de agosto as inscrições para a seleção de filmes de longa-metragem, aptos a concorrer ao Prêmio de Melhor Filme em Língua Estrangeira na 83ª Premiação Anual promovida pela Academy of Motion Pictures Arts and Sciences - Oscar 2011.
O filme escolhido será anunciado no dia 23 de setembro. Já os cinco filmes selecionados para concorrer ao Prêmio de Melhor Língua Estrangeira serão anunciados em 25 de janeiro do próximo ano. A cerimônia de premiação ocorre no dia 27 de fevereiro de 2011.
Comissão de Seleção - Será composta por quatro membros indicados pela Academia Brasileira de Cinema (CBC) e mais cinco membros indicados pelo Gabinete do Ministério da Cultura (MinC), pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura (SAv/MinC) e pela Agência Nacional de Cinema do Brasil (Ancine). A banca é composta por Cássio Henrique Starling Carlos, Clélia Bessa, Elisa Tolomelli, Frederico Hermann Barbosa Maia, Jean Claude Bernardet, Leon Kakoff, Márcia Lellis de Souza Amaral, Mariza Leão Salles de Rezende e Roberto Farias.
Da redação do DIARIODENATAL.COM.BR

sexta-feira, agosto 20, 2010

Cinco bandas e 21 anos sem Raul Seixas

Tributo Maluquez Revisitada, em Ceará-Mirim, será realizado no próximo sábado.

Por Isabela Santos
Divulgação
Raul Seixas foi vítima de pancreatite aguda.
Desde a morte de Raul Seixas, em 1989, na cidade de Ceará-Mirim é realizado o tributo Maluquez Revisitada sempre no terceiro sábado de agosto. Coincidentemente, a 21ª edição do evento será na data de morte do artista, neste sábado (21).

A partir das 14h, o Centro Esportivo e Cultural de Ceará-Mirim vai receber as bandas KDA2, Os Grogs, Moby Dick e Holandês Voador, Sociedade da Grã-Ordem Cavernista, além da participação do organizador e cover Erivan Lima. O espaço vai contar ainda com telão de clipes e exposição com a discografia, publicações de livros, revistas, jornais, posters e documentos referentes a Raul.

O ingresso já pode ser adquirido antecipadamente com desconto ao preço de R$ 10. Em Ceará-Mirim, no Ponto da Cópia (Centro); em Natal, no Sebo Rio Branco (Cidade Alta). No dia o preço será R$ 13. Também serão vendidas, como souvenirs, camisetas oficiais do Tributo, por R$ 25.

Ao longo destes 21 anos, a Maluquez Revisitada tem atraído fãs de Raul dos quatro cantos do país. Em Natal, a CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos) disponibiliza viagens de trem para Ceará-Mirim, com duração de sessenta minutos, nos horários de 9h40, 12h40 e 15h30. A passagem custa apenas R$ 0,50.

O público pode ficar tranqüilo para o retorno à capital. Existem linhas de ônibus e transportes alternativos que circulam até as 21h, com tarifa a R$ 3,50 e praça de Taxi 24 horas, em torno de R$ 30 e R$ 40.
http://www.nominuto.com/vida/musica/cinco-bandas-e-21-anos-sem-raul-seixas/58883/

quarta-feira, agosto 18, 2010

CEARÁ-MIRIM IMUNIZAÇÃO


IMUNIZAÇÃO
Vacinação contra a raiva já está ocorrendo no interior do município
O dia “D” da vacinação contra a raiva será no dia 18 de setembro próximo.
Mas em Ceará-Mirim, a Secretaria Municipal de Saúde por meio do Setor de Combate às Endemias, informa que a campanha já foi iniciada na zona rural, desde o último dia 9 deste mês de agosto.
A orientação da SMS é que a população aguarde a visita dos agentes que irão casa-a-casa vacinar seus cães e gatos.
Já no dia 18/09, dia “D” da vacinação, nove postos serão espalhados pela zona urbana do município com profissionais capacitados no combate às endemias e zoonozes, a fim de garantir a imunização de seus animais.
A meta da campanha é vacinar todos os cães e gatos existentes nas zonas rural e urbana de Ceará-Mirim, contra a raiva.
A vacinação na zona rural, a localização dos postos na zona urbana no dia 18/09, bem como o horário de atendimento poderão ser checados no Setor de Combate às Endemias da Secretaria Municipal de Saúde de Ceará-Mirim, localizada no Centro Administrativo do município ou ainda pelo telefone: (84) 3274-2219.

TRIBUTO
FÃS SE REENCONTRAM
Tributo a Raul Seixas reunirá fãs do cantor neste sábado em Ceará-Mirim
Os eternos fãs  de Raul Seixas têm encontro marcado neste sábado 21 de agosto, a partir das 14h no Centro Esportivo e Cultural de Ceará-Mirim.
É o 21º Tributo a Raul Seixas “Maluquez Revisitada”, promovido há 21 anos pelo Fã Clube Raul Seixas Club.
De acordo com Erivan (Seixas) Lima, presidente do Fã Clube, o objetivo do evento, que homenageia Raulzito, é reviver o trabalho do artista, buscando a permanência na memória das gerações que acompanharam sua trajetória, bem como, apresentá-la aos jovens que não tiveram a oportunidade de conviver com a sua música.
A tradição do Tributo a Raul Seixas atravessa fronteiras e atrai pessoas de toda parte, pelo porte das atrações e, principalmente pela exposição do acervo, composto por discos raros de vinil, fotos, biografias, cordéis, matérias publicadas em jornais e revistas, CDs, quadros, cartazes, objetos pessoais, entre outros.
Este ano, o Tributo apresenta como atrações as bandas: Os Grogs, KDA2, Mody Dick, Sociedade da Grã-Ordem-Kavernista, Holandês Voador e a participação especial de Erivan Lima – Erinho Seixas.
O Tributo a Raul Seixas já é realizado há 20 anos, mas a emoção sempre se renova, numa grande confraternização dos simpatizantes de Raul, nome expressivo da musicalidade brasileira, principalmente no que se refere ao rock, segundo explica o presidente do Fã Clube.
De acordo com Erivan Seixas, a expectativa de público para este ano, é de cerca de duas mil pessoas, sendo que, grande parte desse público chega à Ceará-Mirim no trem urbano, outro ponto interessante na tradição do tributo.
A HISTÓRIA
O Tributo a Raul Seixas acontece por ocasião do aniversário de falecimento do cantor, ocorrido no dia 21 de agosto de 1989.
Em 1990, Erivan Pereira de Lima e alguns amigos iniciaram o projeto do Tributo, que este ano chega a 21ª Edição.
O evento ganhou credibilidade e tem público fiel do Rio Grande do Norte e de estados vizinhos como: Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Bhaia e já faz parte do calendário anual de eventos do Centro Esportivo e Cultural.
SERVIÇO
- 21º Tributo a Raul Seixas
- Sábado 21 de agosto de 2010
- A partir das 14h
- Senhas antecipadas ao preço de R$ 10,00
- Exposição de material sobre a trajetória do cantor
- Apresentação das bandas: Os Grogs, KDA2, Mody Dick, Sociedade da Grã-Ordem-Kavernista, Holandês Voador e participação especial de Erivan Lima – Erinho Seixas

Desaforos!!!!!!!!!!!!

video

Espetáculo satiriza corrida para aprovação em concursos públicos

“Como passar em concurso público”, da companhia brasiliense G7, será apresentada no Teatro Alberto Maranhão.

Por Redação
Foto: Divulgação
Peça será apresentada no Teatro Alberto Maranhão no próximo sábado (21).
A corrida por concursos públicos nos cursinhos preparatórios é explorado pela companhia brasiliense G7 na comédia “Como passar em concurso público”. A peça será apresentada no Teatro Alberto Maranhão no próximo sábado (21), a partir das 21h e no domingo, às 19h.

A entrada custa R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia) e é vendida na loja Elementais, no 3° piso do Midway Mall. Informações: 3222-3669.

O espetáculo conta a história do ‘concurseiro’ Zé Brasil e chega à capital potiguar após temporadas de sucesso em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. Em três anos, a história do homem que tenta de tudo para passar em concurso, foi vista por mais de 300 mil espectadores.

Entram em cena todas as etapas que Zé Brasil enfrenta nessa tarefa: a pressão familiar, os momentos de dúvida, a devoção religiosa e todos os obstáculos ultrapassados até alcançar a sua vaga. Ele precisa ter empenho para encontrar formas de passar na prova, seja estudando, fraudando ou simplesmente pedindo ajuda a Deus. Mas será que era esse o seu verdadeiro desejo?

Integram o elenco Benetti Mendes, Felipe Gracindo, Frederico Braga e Rodolfo Cordón, responsáveis também pela autoria do texto e direção.
http://www.nominuto.com/vida/teatro/espetaculo-satiriza-corrida-para-aprovacao-em-concursos-publicos/58687/

terça-feira, agosto 17, 2010

Cortejo Cultural abre programação de rua da Semana da Cultura de Parnamirim

O evento começa às 15h, com desfile do cortejo cultural pelas ruas da cidade e a participação de todas as manifestações culturais do município.

Por Redação
As festividades de rua da 2ª Semana da Cultura de Parnamirim começam nesta quarta-feira (18), a partir das 15h, na Praça da Paz de Deus, Centro. O evento começa com o desfile do cortejo cultural pelas ruas da cidade com a participação de todas as manifestações culturais do município que integram a Fundação Parnamirim de Cultura e de municípios vizinhos.

A 2ª Semana da Cultura de Parnamirim foi aberta oficialmente na segunda-feira (16) com uma palestra do escritor Tarcísio Gurgel com o tema “Os Caminhos da Cultura no Rio Grande do Norte”. O palestrante aproveitou a ocasião para relembrar fatos históricos do Estado que influenciaram a cultura popular.

Durante a semana, diversos eventos estão sendo realizados pela Fundação de Cultura como oficinas de “danças folclóricas”, “Mamulengo como suporte pedagógico”, “Literatura de Cordel”, “Contação de história – Era uma vez e sempre será”.

Programação Quarta-feira (18) – Palco 1
15 h – abertura da 2ª Semana da Cultura
16 h – Chegada do Cortejo Cultural (percurso da Fundação de Cultura até a Praça da Paz de Deus)
16h30 – Apresentação do Grupo de Xaxado da Fundação de Cultura
16h45 – Grupo de Pastoril Dona Joaquina (São Gonçalo do Amarante)
17h05 – Grupo de Balé da Fundação de Cultura – “Quatro por um compasso”
17h15 – Coco de Roda – D. Edite de Pium
17h25 – Grupo de Balé da Fundação Parnamirim de Cultura – “Boneca de Pano”
17h45 – Grupo Boi de Reis Calemba Pintadinho – São Gonçalo do Amarante
18h05 – Especial Regional do Projeto “Segunda Segunda Meninartecidade em Concerto”
18h25 – Violeiros Chico Gomes e Chico Sobrinho
19h – Coração Nordestino – Mazinho e Regina
Lançamento do livro: De Bem-te-vis a gaviões
Autor: Padre Antônio Murilo de Paiva
Participação: Sexteto Uirapuru da Fundação Parnamirim de Cultura
19h30 – Grupo de semba e chorinho Taio da Gata
20h – Concerto da Banda de Música Trampolim da Vitória da Fundação Parnamirim de Cultura com a participação especial de Ivanildo O Sax de Ouro.

Palco 2
Apresentação de Quadrilhas Juninas
http://www.nominuto.com/vida/cultura/cortejo-cultural-abre-programacao-de-rua-da-semana-da-cultura-de-parnamirim/58658/

domingo, agosto 15, 2010

"É vergonhosa para os gestores a situação de descaso com a cultura"

O músico Esso Alencar e o "Grupo Locau" preparam atos e debates, nos dias 19 e 20, para dicussão sobre políticas públicas culturais para Grande Natal.

Por Débora Ramos
Foto: Elpídio Júnior
Esso Alencar, músico.
Descontentes com o tratamento que vêm recebendo dos órgãos encarregados de fomentar a cultura no estado e na capital, os artistas potiguares estão planejando uma mobilização com objetivo de informar a sociedade sobre a atual situação da cultura do Rio Grande do Norte, descrita pela maioria deles com adjetivos que seriam sinônimos de “caótico” ou “sofrível”.

Nos dias 19 e 20 de setembro, o grupo Locau, que reúne representantes de diversos segmentos artísticos tais como música, teatro e audiovisual, organizou uma programação que envolve atos públicos e discussões. De acordo com o membro-fundador do Locau, o músico Esso Alencar, a iniciativa tem como objetivo principal chamar a atenção para os desafios das políticas públicas culturais da Região Metropolitana de Natal.

“Queremos alertar a sociedade sobre as conseqüências negativas que a negligência por parte dos órgãos o públicos podem acarretar à cultura local. Além disso, nossa meta é propor soluções e direcionamentos para criação de uma política que contemple as necessidades atuais do setor, dos artistas e do público”, resume.

De acordo com ele, os artistas potiguares resolveram unir forças para lutar contra a indiferença tanto da Fundação José Augusto (FJA), quanto da Fundação Capitania das Artes (Funcarte). O movimento, portanto, seria uma resposta às últimas ações destas instituições que, segundo o músico, “não valorizam o trabalho do artista da terra”.

Foto: Vlademir Alexandre
Fachada da Funcarte.

“Depois de passar por diversas situações desconfortáveis, os artistas perceberam que apenas esforço conjunto é capaz de modificar a atual situação da classe no estado e na capital”, disse. Entre os momentos constrangedores vividos pelos atores culturais, ele cita o não pagamento dos editais de apoio à cultura, e a falta de prestígio dos artistas locais em comparação aos nacionais.

“A questão dos editais é um ponto crítico que precisa ser discutido com urgência. Por mais que iniciativas como estas sejam positivas, os órgãos precisam se comprometer a desenvolver esse tipo de política de forma séria e correta, para que isso venha a beneficiar os projetos. E isso não está acontecendo aqui no estado”, afirma.

O problema da falta de prestígio dos artistas locais em relação aos nomes de projeção nacional, por sua vez, foi explicitado pelo músico através de dois exemplos distintos. Uma vez, observa, músicos foram ridicularizados por profissionais da Prefeitura quando questionaram acerca da existência de um camarim, antes de uma apresentação aberta ao público.

“Eles disseram que não era necessário e nos mandaram ir para debaixo de uma arvore”, comentou. A outra situação que ilustra a depreciação dos artistas potiguares são os valores dos cachês. “Por vezes os talentosos músicos locais se apresentam em troca de cachês inexpressivos. Quando temos shows de artistas nacionais, a coisa muda de figura. Porque eles merecem mais do que a gente?” questiona.

Confira entrevista do músico Esso Alencar, concedida ao portal Nominuto.com:

A Carta ao Respeitável Público foi lida por você durante a 62ª Reunião Anual da SBPC. O que é essa carta exatamente e qual o objetivo deste documento?
A carta tem a intenção de aproximar a produção artística local a público maior do que o que já prestigia esse segmento. O público que hoje freqüenta as atividades desenvolvidas pela produção local ainda é muito restrito. Por isso, a carta visa atrair mais atenção do público em geral ao que vem sendo produzido pelos artistas locais. Ela é o nosso convite à população a prestigiar o que está sendo feito por aqui. Além disso, o documento também tem a finalidade de informar as pessoas sobre a atual situação enfrentada pela classe artística da cidade, que é de total descaso e desrespeito.

Foto: Elpídio Júnior

Que situação é essa exatamente?
A situação que nós vivenciamos, como artistas, aqui na cidade, é lamentável e equivocada. O poder público não tem tido condições de desenvolver uma política pública cultural consistente, planejada. O que observamos atualmente, tanto em nível estadual quanto municipal, são medidas aleatórias e que não produzem resultado. É muito comum você chegar nos órgãos e eles dizerem: “nós estamos organizando a casa”. Esse discurso, entretanto, já está enraizado e mesmo após esta dita organização, ainda não vemos o interesse dos gestores em criar políticas de planejamento cultural. O que nós precisamos é de uma política de estado, e não de políticas de um determinado governo. É necessário uma política que contemple a opinião dos artistas, da própria administração e da população em geral. Esse seria o primeiro passo.

Na sua opinião, qual é o principal erro cometido pelos gestores, quando o assunto é o trato com a classe artística?
O principal erro é o despreparo. Eu vejo que grande parte dos gestores são escolhidos por questões político-partidárias, portanto, estas pessoas são, na maioria das vezes, desqualificadas e inaptas para os cargos que ocupam. Então, o erro dos governos começa por aí; por não se preocupar em colocar uma pessoa realmente qualificada para cuidar da cultura. Diante desta realidade, fica praticamente impossível o diálogo entre os artistas e estas pessoas, que muitas vezes são insensíveis e desconhecem os anseios e as necessidades da classe.

Fale um pouco sobre a mobilização dos artistas. O que a classe pretende desenvolver a partir da programação marcada para os dias 19 e 20 de setembro?
A programação de setembro está desenhada em um formato mais recente, o do flash mob. No dia 19, nós vamos fazer algo que deverá acontecer no fim do dia. Na ocasião, reuniremos os artistas engajados na causa e distribuiremos a Carta ao Respeitável Público à população, em um ponto da cidade, ainda indefinido. No dia seguinte, haverá uma discussão. Neste debate, nós vamos procurar reunir representantes de todas os segmentos artísticos da cidade, tais como música, teatro e artes visuais,e também gestores e representantes da imprensa, para discutir a pauta de uma política cultural para a Grande Natal. No final desta programação, nós estamos prevendo a elaboração de um documento que servirá como norte para a concretização desta política.

Foto: Elpídio Júnior
Quais são as expectativas da classe após a realização deste debate? Vocês acreditam que iniciativas como estas pode levar a discussão da cultura local a um outro nível?
Eu estou crente que sim. Eu acredito que nós nunca tivemos um momento mais propício para colocar o tema em evidência e fazer alguma coisa a respeito. Até porque, hoje a classe está mais amadurecida do que há uns anos atrás e, além disso, novos atores estão envolvidos nesta discussão. Pessoas de sangue novo, com fôlego para se mobilizar. Acredito que neste momento os artistas potiguares começaram a perceber que nós estamos ficando para trás. Esta tomada de consciência faz com que a necessidade de criação de um plano cultural planejado fique evidente. A gente quer acompanhar o ritmo destes outros locais, que já levam a cultura mais à sério. Nesta última década, particularmente, nós presenciamos um crescimento da preocupação do Governo Federal com a produção cultural. O Ministério da Cultura é um órgão atuante, portanto, nós não podemos ficar parados no tempo, estagnados, como estamos atualmente.

Os editais de apoio à cultura são medidas que vieram para impulsionar os mais diversos segmentos artísticos. Na sua avaliação, como funciona a questão dos editais no Rio Grande do Norte e em Natal?
Como costuma dizer a própria Fundação José augusto, na maioria das vezes: "O edital de apoio à cultura é uma dinâmica nova aqui para a nossa realidade". É através dessa frase que eles costumam justificar a ineficiência dessa política de editais aqui no Rio Grande do Norte. Tanto na esfera municipal quanto na estadual, nós podemos perceber que o processo de adoção dessa modalidade ainda é embrionário. Mas o que a gente nota é que isso ainda está sendo muito mal administrado, tanto é que vários artistas contemplados pelo editais que ainda não receberam os valores referentes, estão planejando acionar o Ministério Público, porque, afinal de contas, alguns deles já investiram recursos do próprio bolso nos projetos e agora estão enfrentando dificuldades financeiras. A situação dos editais é crítica.

Além disso, a gente registra aqui a ocorrência dos micro-editais, que são editais de prêmios ínfimos, 2 ou 3 mil reais, que servem apenas para fazer propaganda, uma espécie de publicidade que mostra que a administração pública está “preocupada” e “atuante”, quando o assunto são os editais. Mas estes editais não chegam a suprir as necessidades da maioria dos projetos. Isso, na minha opinião, devia gerar constrangimento no poder público.

E os artistas, não ficam constrangidos quando são tratados com tamanho desdém por aqueles que deviam praticar ações voltadas ao desenvolvimento da cultura?
Eu acho que isso não é constrangimento para o artista, porque ele se desdobra, ele segue lutando, acreditando no que ele faz. Para os gestores, por outro lado, é vergonhoso perceber que Natal e o estado, que possuem rica produção cultural, passam por essa situação de descaso.
Foto: Elpídio Júnior

Vamos realizar um exercício de imaginação. Na sua opinião, se Natal e o estado viessem investindo efetivamente nesta área ao longo dos últimos anos, em que pé estaria a cultura nos dias de hoje?
Eu acho que se a cultura fosse uma preocupação dos governos, tanto municipal quanto estadual, eu acho que teríamos, por exemplo, uma Ribeira verdadeiramente revitalizada e não um projeto de fachada com o qual nos deparamos atualmente. Eu acho também que nós teríamos casas e pontos de cultura escolhidos para funcionar em localidades onde existessem realmente uma atividade cultural relevante. Hoje em dia essa escolha obedece a um critério equivocadíssimo, entregando estes pontos a pessoas despreparadas e que não têm o mínimo de compromisso com o desenvolvimento da cultura. Só para vc ter noção, eu sei de casas de cultura que funcionam como ponto de revenda de Avon. Enfim, citei esses dois casos como exemplo, mas poderia citar outros tantos.

sábado, agosto 14, 2010

Parnamirim realiza Semana da Cultura a partir de segunda-feira

Programação terá palestras, oficinas, apresentações de dança e lançamentos de livros.

Divulgação
O grupo Meirinhos do Forró é uma das atrações do evento.
A 2ª Semana da Cultura, realizada pela Prefeitura Municipal de Parnamirim, através da Fundação Parnamirim de Cultura e da Secretaria Municipal de Turismo, começa na próxima segunda-feira (16).

A abertura do evento será às 8h, com a palestra “os Caminhos da Cultura no Rio Grande do Norte”, com o professor, jornalista e dramaturgo Tarcísio Gurgel. Na programação do evento constam palestras, oficinas, apresentações de dança, ballet e lançamentos de livros.

Ainda na segunda-feira, às 9h haverá uma apresentação de danças folclóricas, cuja professora será a Rosie Marie Nascimento, doutora em educação e diretora artística do Grupo de Dança Parafolclórico da Universidade federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

Às 16h da terça-feira (17) haverá uma cantoria de viola, com o escritor, pesquisador e repentista Américo Pita. Às 9h tem Literatura de Cordel, com o professor José Acací, cordelista, poeta, compositor, autor de diversos livros e cordéis.

Às 14h, tem show de Mamulengo, com Emanoel Amaral, graduado em Comunicação Social , habilitação em Jornalismo, mestre em mamulengo, artista plástico e chargista. Haverá ainda “Contação de História – Era uma vez e sempre será”, com a professora Silvana Amália, contadora de estórias, palestrante e oficineira do Proler.

Dentre as atrações da quarta-feira (18) estão grupos de dança incluindo o de balé da cidade, Quatro por um Compasso e apresentações dos violeiros Chico Gomes e Chico Sobrinho e da banda Coração Nordestino – Mazinho e Regina. A partir das 19h30, marca presença o grupo de Samba e Chorinho Taio da Gata e às 20h, Concerto da Banda de Música Trampolim da Vitória, com participação especial de Ivanildo O Sax de Ouro.

Na sexta-feira (20) haverá Coco de Roda, Recital de Poesias, Literatura de Cordel, show musical com Almir Padilha e o lançamento do livro “A Danda dos Cromossomos”, de Marcos Medeiros. Também completam a programação o Quinteto Clarinete e Trio de Flauta Transversal.

As Nordestinas, Meirinhos do Forró e Moacir do Repente encerram a noite após mostra de teatro e apresentação de quadrilhas.
http://www.nominuto.com/vida/cultura/parnamirim-realiza-semana-da-cultura-a-partir-
de-segunda-feira/58461/

terça-feira, agosto 10, 2010

Últimos dias para inscrever projetos no Fundo de Incentivo a Cultura

As inscrições para a seleção de projetos para o Fundo de Incentivo à Cultura - FIC serão encerradas no próximo dia 15 de agosto. Os interessados podem realizar suas inscrições por meio do endereço eletrônico http://www.natal.rn.gov.br/ ou procurar secretário executivo do Conselho Municipal de Cultura, Amaury Júnior, na Capitania das Artes.

Serão disponibilizados para o ano de 2010 o valor de R$ 200 mil, com a destinação dividida por área e por projeto. As eventuais sobras de recursos serão direcionadas para contemplar os projetos que figurarem na lista de reserva. O projeto a ser contemplado poderá ser comercializado depois de cumprida as determinações apresentadas e aprovadas pelo FIC.

O objetivo do FIC é fomentar a produção de bens culturais públicos ou a viabilização de projetos culturais de interesses coletivos no âmbito municipal. Poderão se beneficiar pessoas físicas ou jurídicas, cadastradas no Cadastro Municipal de Entidades Culturais (CMEC), com pelo menos seis meses de atuação cultural comprovada.

Os projetos deverão enquadrar-se em uma das seguintes áreas artísticas ou culturais:

- Patrimônio imaterial - poderão ser inscritos projetos que visem à preservação e difusão da memória, da história, das tradições, usos e costumes coletivos característicos da cidade de Natal, em todas as áreas artístico-culturais;

- Organização e recuperação de acervos, bancos de dados e pesquisas de natureza cultural - poderão ser inscritos projetos que visem à sistematização e à recuperação de acervos artísticos e documentais de cunho cultural, à elaboração e à manutenção de bancos de dados na área de cultura e ao desenvolvimento e publicação de pesquisas de natureza cultural;

- Fomento à produção de novas linguagens artísticas - poderão ser inscritos projetos de produção e circulação nos segmentos de artes cênicas, artes gráficas, artes visuais, audiovisual, design, literatura, música e performance, voltados para a experimentação e a investigação de novas possibilidades expressivas dentro das diversas áreas artísticas.

As inscrições são gratuitas. Esclarecimentos e orientações técnicas para o preenchimento podem ser feitas no Conselho Municipal de Cultura de segunda a sexta, das 8h às 13h. Mais informações pelo telefone: 3232-8143

Funcarte oferece curso de dança contemporânea

Mariana de Rosa Trotta é professora responsável por ministrar aulas, que serão realizadas entre 24 e 27 de agosto.

O curso Cultura Contemporânea: uma introdução – Módulo Dança será realizado entre os dias 24 e 27 de agosto. A iniciativa é uma parceria entre a Fundação Joaquim Nabuco e a Fundação Cultural Capitania das Arte (Funcarte) e será ministrado pela professora Mariana de Rosa Trotta.

As inscrições poderão ser feitas da próxima segunda (16) à sexta-feira (20) através do e-mail nucleodequalificacao@hotmail.com, enviando o nome completo e o telefone para contato. Serão disponibilizadas 50 vagas e será cobrada uma taxa de R$ 10.

O Módulo Dança – Cultura Contemporânea é composto pelo seguinte programa: dança popular e seu papel na sociedade atual; a semiótica da dança; efeitos estéticos da dança; a dança no palco.

As aulas pretendem abordar a dança via semiótica. Inicialmente, será discutido o que é a dança, seu papel na sociedade atual e o conceito de dança popular. Depois, será feita uma introdução aos princípios de análise da gestão atual dessa arte, os efeitos estéticos introduzidos por ela, mostrando como a dança transforma-se em espetáculo, a partir da análise de coreografias.

Mariana de Rosa Trotta é doutora em Letras pela Universidade Federal Fluminense e mestre em Semiótica pela Universidade de São Paulo. Atualmente é professora adjunta do Departamento de Arte Corporal da UFRJ, ministra aulas de ‘Fundamentos da Dança, Perspectivas Filosóficas do Corpo, Balé e Contemporaneidade e, contatos e Apoios’’.

Tem experiência na área da Linguística, com ênfase na Semiótica da Dança. É colunista no jornal do Sindicato dos Profissionais de Dança no Rio de Janeiro, escreve artigos sobre dança como linguagem estética e, atua como linguista no projeto internacional de pesquisa do Instituto Cervantes de Madri e do Rio de Janeiro.
http://www.nominuto.com/vida/cultura/funcarte-oferece-curso-de-danca-contemporanea/58258/

Banco de dados divulga patrimônio cultural do Brasil

Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional lança página nesta terça-feira.

Por Isabela Santos, com informações do Iphan.
O decreto que instituiu o Registro de Bens Culturais de Natureza Imaterial e cria o Programa Nacional do Patrimônio Imaterial - PNPI (N° 3551/2000) completou 10 anos no dia 4 de agosto. Para celebrar a data e dar total transparência aos processos de registro do patrimônio cultural imaterial, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan vai lançar o Banco de Dados dos Bens Culturais Registrados – BCR.

A partir desta terça-feira (10), as informações estarão disponíveis no site do Iphan (http://www.iphan.gov.br/bcrE/pages/indexE.jsf), com acesso livre para a população e com as principais informações a respeito do patrimônio cultural imaterial já registrado no Brasil.

Por meio do portal será possível acessar informações detalhadas sobre o tema e com os principais documentos que compõem o processo de registro de cada um dos bens já reconhecidos como Patrimônio Cultural do Brasil.

Os comandos do BCR são simples e objetivos, possibilitando uma navegação fácil e direcionada. É possível pesquisar os bens registrados por região geográfica, por categoria, por ordem alfabética ou pela cronologia dos registros e ter acesso aos dossiês, fotografias, vídeos, músicas e pareceres técnicos e jurídicos dos processos correspondentes.

A página conta ainda com informações sobre a política federal de salvaguarda do patrimônio imaterial, com acesso à legislação pertinente e aos instrumentos técnicos e normativos elaborados para a sua consecução.
http://www.nominuto.com/vida/cultura/banco-de-dados-divulga-patrimonio-cultural-do-brasil/58191/

sexta-feira, agosto 06, 2010

Pra você ator ou atriz

II edição Festival Rnab abre inscrições.
Podem ser inscritos alunos de artes dramáticas e atores formados de
Qualquer região do país.
Para se inscrever, acesse o site: http://www.festivalrnab.com
O vídeo deve ser postado no site do Youtube.
Serão premiados os melhores “ator e atriz” de duas categorias: Adulto e Infantil.
Entre os prêmios está a participação em um longa-metragem com produção da produtora de filmes Agência Cinema .

+ informações
http://www.festivalrnab.com

quinta-feira, agosto 05, 2010

Congresso nacional de enfermagem terá ampla programação cultural

Shows de personalidades como Alceu Valença, Aviões do Forró, The Frois e Elba Ramalho compõem o evento.

Por Isabela Santos
Natal sediará entre os dias 15 e 18 de setembro o 13º Congresso Brasileiro dos Conselhos de Enfermagem (CBCENF), que estima reunir cerca de sete mil pessoas diariamente no Centro de Convenções. Uma praça de eventos vai ser montada na parte externa do complexo que compõe o Centro de Convenções com a instalação de cinco dos principais restaurantes de Natal.

Esses estabelecimentos vão oferecer pratos regionais a preços compatíveis com os inscritos no CBCENF. Isso significa que o participante do evento não precisará se ausentar para conhecer o que de melhor é oferecido da culinária potiguar.

Além disso, os shows vão ser apresentados nesta mesma área. O 13º CBCENF vai oferecer uma agenda com apresentação de grupos folclóricos, repentistas, emboladores de coco, com ápice em apresentações de grupos renomados.

No dia 15 de setembro a Orquestra Sanfônica de Natal abre o evento. Logo depois, o show é da Banda Aviões de Forró. No dia 16, tem a Banda The Frois e Alceu Valença. E no último dia, 17, terá apresentação de quadrilhas estilizadas e da cantora Elba Ramalho.
Para que os cerca de seis mil inscritos tenham uma programação científica e cultural correspondente ao segundo maior evento da América Latina, os organizadores estão realizando uma série de reuniões, de maneira a garantir o sucesso do encontro.

A preocupação com cada detalhe se faz necessária pela relevância do evento, não apenas para a enfermagem nacional – categoria profissional com maior representatividade numérica na saúde – mas pelo espaço que já conquistou para profissionais desta área brasileira como um todo, além de internacional. O evento atrai a cada edição mais interessados, inclusive de outros países, como confirmam os organizadores, através da inscrição de diversos estrangeiros.

Programação científica
Nas conferências, palestras, mesas redondas, roda de conversa e peças teatrais, destaque para abordagem de temas, como: “A ética e o cuidado”, “A Ética nas Relações Humanas”, “Desafios éticos e legais na pesquisa envolvendo seres humanos”, “O sofrimento moral da enfermagem”, “Sigilo Profissional na enfermagem” e “Dilemas éticos dos diferentes cenários: abordagem dos transexuais, abordagem dos meninos de rua, recuperação pós - anestésica, partos”.

Entre os mini cursos, os organizadores vão disponibilizar programas que ensinarão “Como construir e apresentar um trabalho científico”, “Sistematização da Assistência de Enfermagem: desafios de sua implantação”, “O cuidado de enfermagem na urgência/emergência, gestão e aspectos éticos”, “Como submeter um projeto de pesquisa ao Comitê de Ética em Pesquisa?” e “Relações interpessoais na equipe multiprofissional e os desdobramentos éticos”.
Turismo de eventos

Dos seis mil congressistas estabelecidos, mais de cinco mil e quinhentos já estão inscritos até o momento, sendo cerca de cinco mil deles de fora do Rio Grande do Norte. Se para a comunidade da enfermagem local, a vinda de um evento de tal porte traz orgulho e credibilidade, para o empresariado local traz muitos recursos, com a garantia de ocupação hoteleira e movimentação financeira nas empresas comerciais e de prestação de serviços.

Segundo estimativas do diretor da empresa organizadora, a Espacial Eventos, Neiwaldo Rocha, e também presidente do Natal Convention Bureau, devem circular no Estado cerca de R$ 20 milhões, sendo pelo menos R$ 14 milhões de gastos dos participantes e o restante do evento em si.

Os cálculos são baseados em dados da Embratur, que estabelece um gasto diário por turista em cerca de 284 dólares, ou seja, levando-se em consideração a cotação de hoje, R$ 1,75, seriam quase R$ 500 a cada dia por turista.

Informações: WWW.coren.rn.gov.br e http://site.portalcofen.gov.br/.
http://www.nominuto.com/vida/cultura/congresso-nacional-de-enfermagem-tera-ampla-programacao-cultural/57972/

SALVE, SALVE!!!

Repentistas e cordelistas poderão receber benefício da Previdência

Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou nesta quarta-feira (4) o projeto de lei que prevê o benefício.

Por Isabela Santos, com informações da Agência Brasil.
Repentistas e cordelistas poderão ter o direito de se aposentar pela Previdência Social. A proposição pretende garantir um benefício previdenciário mínimo, de R$ 510, além da consequente diminuição da informalidade, na qual a categoria habitualmente desenvolve suas atividades.

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado aprovou nesta quarta-feira (4) o projeto de lei que prevê o benefício. Assim, o profissional que já tem idade para se aposentar (65 anos para homens e 60 para mulheres) pode requerer o a aposentadoria até 2020.

Os profissionais precisam comprovar o exercício da atividade, mesmo que descontínua. Pelo projeto, serão considerados repentistas cantadores e violeiros improvisadores, emboladores e cantadores de coco, poetas repentistas e os contadores e declamadores de “causos” da cultura popular, além de escritores de literatura de cordel.

A matéria foi proposta pelo senador Garibaldi Alves Filho e se justifica pela biografia desses profissionais, marcada pela vida humilde e pela pouca escolaridade, muitas vezes.

O texto inclui que cordelistas e repentistas enfrentam dificuldades financeiras para publicar suas obras e, assim, poder sobreviver. “Daí o uso de métodos ainda artesanais, como a xilogravura, na confecção de folhetos, que são vendidos a um baixo custo, entre R$ 1 e R$ 3, nos espaços públicos de diversas cidades do Brasil”.
http://www.nominuto.com/vida/cultura/repentistas-e-cordelistas-poderao-receber-beneficio-da-previdencia/57898/

quarta-feira, agosto 04, 2010

REPRISE

A nossa cultura está desaparecendo...




Hoje visitei o mestre Luiz de Júlia, achei linda a lucidez, a alegria de viver, as brincadeiras, afinal de contas o mestre não mudou em nada, com exceção dos problemas de saúde que o mesmo vem sofrendo, visivelmente ele sofre um pouco da visão e tem uma voz de difícil entendimento, mas brinca, canta e reafirma que se alguém quiser homenageá-lo que faça em vida, pois quando morto não terá o prazer de gozar desse reconhecimento.


O mestre lembrou-se do meu pai (Parú) do diretor de Teatro, Jadson Queirós, Beiju, Chico Campos, Zé Luiz, Tenente Djalma, Manoel Américo, Amarildo, Beruê e outros.

Quando perguntei sobre as serenatas, respondeu-me:

“As 23h00min o motor parava e as luzes se apagavam, e só acendia no outro dia a boquinha da noite, então quando apagava tudo agente saia fazendo serenata, eu andava com um borná e dentro tinha de tudo; a bebida e a parede. Agente chegava à frente da casa daquela pessoa, botava uma toalha no chão e sobre ela um candeeiro a bebida e a parede e cantava ao som de um afinado violão, mas num demorava muito não, era uns 15 minutos e já ia pra outro canto” Comenta




Mestre Luiz de Júlia deu várias gargalhadas junto comigo e por fim,
interpretou uma composição de sua autoria:

A velhice é uma prostituta covarde

Fui moço fiz o que quis,

Gozei a mocidade,

Fui muito feliz,

Sempre olhando pra frente,

Não sabia de mim,

Se atrás vinha gente.

O tempo foi se passando,

Eu pensava que a vida era assim,

Quando olhei notei

Que a velhice estava bem

Perto de mim. (Safada, covarde...)



“O homem era pra ter cem anos de idade e cinqüenta de vigor”



A velhice chegou a minha casa,

Eu abri a porta ela entrou, (abraço de Tamanduá)

Abraçou-se comigo na hora,

E mandou que a mocidade

Fosse embora.

A mocidade despediu-se de mim,

Deu adeus e saiu mundo a fora,

Eu fiquei com o início do fim

E a bichinha disse ao ir embora,

Ei, ei; fique com sua velhice,

Que ela vai te ensinar o que é caduquice. (Luiz de Júlia)



Frase do mestre:

“Quem quer sossego não procura onda”




segunda-feira, agosto 02, 2010

Mais uma vez...

Amanhã às 09:00hs o ator Múcio Vicente estará fazendo a abertura de um encontro da 5ª Dired de Ceará-Mirim na Estação Cultuiral